NOVA GERAÇÃO DE BASES: FLUIDAS E DE ALTA COBERTURA




Como que uma base super leve pode ter o mesmo efeito que uma de cobertura alta? Apenas uma gota no dorso da mao e você consegue espalhar por todo o rosto! Pra quem sabe um pouco de maquiagem, isso parece ficçao! Mas não é! Sao as novas tecnologias revolucionando o mundo das bases! 






Quem deu o pontapé inicial na revolução foi Giorgio Armani com sua base Maestro, que causou comoção entre as beauty maníacas quando foi lançada, em 2012. Sua fórmula ultrafluida, que no lugar de água possui cinco óleos secos que trazem os pigmentos em suspensão e evaporam gradualmente, tem uma textura deliciosa e deixa a pele melhorada, sem parecer maquiada. Não demorou para que começassem a pipocar bases de outras marcas com a mesma textura mágica, com opções para todos os gostos: acabamento mais opaco ou mais luminoso, cobertura leve, média ou alta...





Se para mulheres que adoram uma pele natural o amor foi instantâneo, aquelas que preferem bases mais densas, com alta cobertura, estranharam no começo – como acreditar que algo tão leve seria capaz de disfarçar imperfeições e deixar a pele com efeito Photoshop? Mas, graças a polímeros e pigmentos modernos, que além de uniformizar e dar cobertura têm efeito ótico para neutralizar vermelhidão e dar efeitoblur, as bases “2.0” vêm conquistando cada vez mais fãs. 









Dream Flawless Nude, US$ 11, Maybelline; BareSkin, R$ 137, bareMinerals; Diorskin Nude Air, US$ 53, Dior; All Day Luminous Weightless, US$ 48, Nars; Maestro, US$ 64, Giorgio Armani; Fusion Ink, US$ 60, YSL (Foto: Divulgação)

















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opnioes sao sempre bem-vindas