CORTOU O CABELO E SE ARREPENDEU? VEJA O QUE FAZER


Ola amores
Quem nunca sofreu o drama dos "dois dedinhos" porque o cabeleireiro tinha a mao do Shrek? Pois é, voce vai la so pra tirar as pontinhas mortas e ele tira mais da metade do seu cabelo. Ou porque simplesmente voce viu um corte naquela celebridade lindérrima e que quis ficar parecida com ela, mas nao levou em conta o formato do rosto e o tipo do cabelo.
Isso é mais do que normal minhas lindas, nao se desesperem, tudo na vida damos um jeito. Confira as dicas a seguir do que fazer em cada caso e cabelo.


Converse com o seu cabeleireiro


Primeiramente, antes de mais nada, nunca subestime os poderes de uma tesoura nas mãos de um cabeleireiro sedento, procure conversar com ele para que entenda realmente o que quer dizer os seus dois dedinhos, pois eles realmente gostam de cortar.

Acredite, não são raras as vezes que clientes saem chorando dos salões, por terem em mente um corte que, mal explicado, resultou em outro totalmente diferente, por isso, converse bem antes, isso é mais do que fundamental, até para que o profissional possa explicar se o corte é, realmente, indicado para o seu tipo de cabelo ou de rosto, pois as vezes a culpa não é nem do cabeleireiro, é de quem viu um cabelo numa novela ou revista, com uma textura totalmente diferente da sua, mas exigiu que fosse feito o mesmo corte, mesmo o profissional tentando explicar que o resultado não seria o mesmo.

Corte não combinou

Pois é, acontece muito de determinado corte não valorizar em nada nosso rosto, pode deixá-lo mais largo, mais achatado, até mais envelhecido. Nesse caso, se cortou o cabelo e não gostou mas se estiver em um tamanho longo ou médio, a dica é super simples, basta prendê-lo em um rabo de cavalo, uma trança ou coque – são super elegantes e estão na moda – e, assim, cheia de estilo, esperar alguns meses para encarar a tesoura novamente.


Porém, por outro lado, se cortou o cabelo curto e não gostou do resultado, então a saída é apelar para os acessórios, que também estão super em moda e deixam o look bem descolado, invista em chapéu, lenço, gorrinho, boina, ou…para quem não abre mão de deslizar os dedos sobre oscabelos, apelar para uma solução mais radical, fazendo um alongamento, que já vá se preparando, é bem carinho.




Franja curta demais

Pois é, isso é muito comum, principalmente, porquê a maioria dos profissionais prefere cortar os fios ainda molhados, já que isso evita que as pontas fiquem desalinhadas, facilitando a divisão por igual, só que…então, elas secam e encolhem. Bem, nesse caso, a boa notícia é que a franja cresce muito rápido, e, acredite, alguns milímetros já fazem muita diferença. Então, se cortou o cabelo e achou que a franja ficou curta demais, procure a modelar com o secador quando ainda estiver molhada, penteando para o lado, pois, se ela secar naturalmente, ficará desajeitada.


Aproveite o visual novo e use acessórios que enfeitam e deixam os fios no lugar, como presilhas, grampos coloridos, tiaras ou uma faixa de tecido com as pontas longas, ou ainda, para as mais ousadas, investir em um topete armado com gel ou pomada. Depois, cerca de um mês, mais ou menos, quando a franja estiver maior, desfie as pontinhas para melhorar o caimento.




Curto demais e com muito volume


Se cortou o cabelo curto demais e achou que ficou volumoso, um relaxamento é a melhor opção, porém, já sabendo é que os fios muito curtos começam a dar diferença logo, exigindo retoques freqüentes na raiz, a não ser que a sua raíz seja lisa. Porém, quem não quer fazer nenhum tratamento de base química, pode apelar para acessórios fashions, pelo menos, enquanto os fios não crescem. Presilhas, grampos, faixas, tire proveito desses recursos, aproveitando que estão super em alta, e, assim, podendo controlar o excesso de volume.


Franja incomodando

Se cortou o cabelo com uma franja longa, o cabeleireiro repicou uma na altura de seu nariz, mas ela está lhe incomodando, a dica é fazer um topetinho com os fios da frente e prenda-o para trás. Ou use aquela trança que começa na raiz da franja e vai até as pontas. Porém, se quiser se livrar mesmo dela, a dica, então, é cortar mais um ou dois dedinhos, mas sem repicar, para que fique mais pesada e fácil de cuidar até o cabelo crescer outra vez.



Desfiados deixando o cabelo murcho

Mulheres com cabelos muito finos e lisos sofre com esse problema, desfiados que deveriam dar mais movimento acabam encolhendo, murchando o visual. Quem não quer ficar na eterna dependência de mousses ou pomadas, pode apelar, nesse caso, para alguma tintura, já que colorações e mechas engrossam o cabelo, dando mais volume.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opnioes sao sempre bem-vindas