5 SEGREDOS DE BELEZA DOS EGIPCIOS

Ola amores

A maquiagem não faltava na vida de nenhum egípcio: homens e mulheres, ricos e pobres, lindos e feios recorriam a ela. Então, a maquiagem não era só uma questão estética: servia para proteger a pele da impiedade do sol, espantar os insetos e adorar aos deuses. Para os egípcios, a maquiagem tinha poderes mágicos e curativos. Por todas essas motivações, esta sábia cultura foi uma verdadeira pioneira na arte da maquiagem. E você gostaria de conhecer os segredos de beleza dessa magnífica civilização?




Um aroma eterno





Os perfumes dos egípcios eram muito afamados em todo o mediterrâneo. E isso se deve pelo fato de serem os melhores! Podiam ser conservados até por 8 anos de acordo com registros encontrados.

Mas, com que ingredientes eram elaborados esses perfumes quase eternos? Seus ingredientes eram puramente naturais, como raízes, flores, folhas de henna, canela, rosas e amêndoas.


Sabonetes curativos





Os egípcios consideravam que os corpos sujos eram símbolo de impureza. A necessidade de se manterem sempre limpos foi o que se deu a origem dos sabonetes egípcios. Esses não eram como as barras que encontramos hoje em dia. Se tratava de uma pasta elaborada a partir de fresno, barro e azeites. Essa curiosa mistura não só limpava o corpo como também o curava.

A chave da qualidade desses sabonetes vinham do azeite de oliva. Este hidratava a pele (o que era particularmente importante devido ao ambiente seco do Egito) e ajudava a pele se recuperar dos danos do sol.


Uma pele saudável




A intensidade do sol obrigou os egípcios a pensar em uma estratégia para cuidar de sua pele. Eles criaram uma grande variedade de azeites corporais para prevenir a secura, as queimaduras e infecções cutâneas.

Para que tenha uma idéia, os azeites corporais eram tão ligados ao bem-estar dos egípcios, que parte do salário dos trabalhadores se pagava com óleos corporais. Só que esses não eram perfumados, somente os de classe alta podiam gozar de tal luxo.


A fonte eterna da juventude




A maioria dos egípcios não viviam mais do que 40 anos. No entanto o medo da deterioração estava presente em seus corações. É que a vida era muito mais perigosa e se lastimar era muito mais fácil. Cada vez que machucavam seu corpo, aplicavam mel no ferimento devido a suas fortes propriedades anti-bacterianas.


O segredo de Cleopatra




Não é possível falar de beleza egípcia sem fazer referência a ela: Cleopatra. Seus encantos incomparáveis a fez a paixão de mais de um imperador -nem Marco Antonio e nem César puderam escapar de suas redes-. Agora, qual era o segredo de tanta beleza? Os seus banhos de mel e leite, claro! Esses ingredientes umectantes deixava sua pele macia e reluzente.

E essas são as chaves de tanta beleza: o mel, azeite de oliva e o leite. Então na hora de se embelezar use um pouco da sabedoria egípcia e tenha certeza que estará sempre linda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opnioes sao sempre bem-vindas